Voltar
Comunicado de imprensa

BRP junta-se ao PRO_MOV para acelerar requalificação dos portugueses


18 de julho de 2022

. Programa co-liderado pelo IEFP, e em cooperação com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, pretende responder às necessidades emergentes do mercado de trabalho, provocadas pela transição digital e climática

. Envolvimento das 17 empresas associadas alarga para 6 os laboratórios de requalificação, incluindo maior diversidade de profissões e de geografias abrangidas

A Associação Business Roundtable Portugal (Associação BRP) anuncia hoje a sua associação ao programa nacional, já em execução, PRO_MOV. O compromisso inclui o envolvimento direto de 17 empresas associadas e a mobilização de meios e recursos, bem como da própria sociedade, para acelerar o desenvolvimento e execução do programa que tem como objetivo requalificar portugueses desempregados ou em profissões de risco.

Numa clara demonstração da capacidade de mobilização da Associação BRP, além das três empresas fundadoras (Nestlé, SAP e Sonae), o PRO_MOV conta com o envolvimento de mais 17 empresas associadas (Altice, BA Glass, BPI, CIN, CTT, Delta, EDP, Fidelidade, Galp, Hovione, José de Mello, Millennium bcp, Salvador Caetano, Semapa, Sogrape, Sovena e Sugal) – algumas a trabalhar no projeto desde a sua fundação -, e 6 empresas externas (Aveleda, Bosch, Esporão, ManpowerGroup, Symington, The Fladgate Partnership), que aceitaram o repto lançado pela Associação.

O objetivo é que, até ao final de 2022, seja possível alargar para 6 os laboratórios de requalificação, abrangendo uma maior diversidade de profissões/áreas de atividade do tecido empresarial português (vendas, saúde, digital, economia verde, indústria e agricultura) e uma maior cobertura do território nacional.

O projeto em curso insere-se no eixo de atuação Pessoas da Associação BRP e segue em linha com algumas das propostas de ação e compromissos liderados pelas empresas associadas, que visam contribuir para um Portugal capaz de valorizar e qualificar os Portugueses.

Vasco de Mello, Presidente da Associação BRP, afirma que “Acreditamos na capacidade de mobilização da sociedade e de fazer acontecer. Hoje damos mais um passo nessa direção com a participação de mais 17 das empresas associadas e 6 externas, naquele que é um programa único a nível nacional na requalificação. Estamos aqui para acelerar o impacto desta iniciativa muito meritória, esperando impactar a vida dos portugueses. O esforço conjunto entre o setor privado e o setor público é o caminho para conseguirmos dar resposta aos desafios dos empregos do futuro.”

Cláudia Azevedo, vice-presidente e líder do eixo Pessoas da Associação BRP, refere que “Estamos muito entusiasmados por ver o tecido empresarial português unir-se em redor de uma questão que é cada vez mais preocupante a nível global, a requalificação e valorização das pessoas. O programa PRO_MOV, inserido na iniciativa R4E (Reskilling for Employment), é sem dúvida um marco para a nossa sociedade, uma vez que dá uma resposta efetiva aos portugueses que procuram adaptar-se às novas exigências do mercado de trabalho.”

Lançado no final de 2021, em conjunto com o Instituto do Emprego e da Formação Profissional, e em estreita cooperação com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, o PRO_MOV insere-se na iniciativa europeia “Reskilling 4 Employment (R4E)”, que pretende requalificar um milhão de europeus até 2025.

Trata-se de um projeto diferenciador na medida em que as empresas estão envolvidas em todas as suas fases, desde o desenvolvimento dos planos curriculares até ao estágio final, existindo neste momento em curso uma formação piloto (laboratório de indústria para formação de técnicos de manutenção).

Os candidatos selecionados têm acesso a um programa de formação tecnológica de cariz intensivo que inclui formação prática em contexto real de trabalho, bem como ao apoio por parte da rede PRO_MOV para encontrarem emprego após conclusão da formação.

Com o propósito de finalizar os programas dos novos laboratórios, todos os agentes envolvidos irão reunir-se no dia 20 de julho, numa sessão de trabalho que exemplifica o esforço e dedicação dos intervenientes neste projeto e também a perfeita sinergia entre o setor público e o setor privado para a criação de um futuro melhor para os portugueses.

A iniciativa contará com a presença de Miguel Fontes, Secretário de Estado do Trabalho, Vasco de Mello e Cláudia Azevedo, presidente e vice-presidente da Associação BRP, respetivamente, Maria Adelaide Franco, presidente do IEFP, e Filipa Henriques de Jesus, presidente da ANQEP, para além das empresas fundadoras do programa, Nestlé, SAP e Sonae, e das restantes 23 que entretanto se associaram.

Aceda ao comunicado (PDF)


Para mais informações, contacte:

Miguel Jerónimo

mvj@abrp.pt


Sobre a Associação Business Roundtable Portugal

A Associação Business Roundtable Portugal (Associação BRP) constitui-se como uma instância independente e de exercício do dever de cidadania das empresas associadas, das suas lideranças, e não de defesa dos seus interesses. A Associação é composta por 42 líderes de empresas e grupos empresariais relevantes pelo seu valor acrescentado, emprego, investimento e contributo genérico para Portugal. Integra setores de atividade económica diversos, localizações geográficas diferentes e empresas em fase de desenvolvimento distintas. O conjunto dos líderes empresariais é representado por uma direção composta por nove membros, nomeados numa base rotativa, em mandatos de três anos.